Please reload

SOLIDARIEDADE CRIATIVA

8 Nov 2017

 

 

  A nova geração de empreendedores está construindo um novo cenário empresarial. O cuidado com os impactos ambientais e a responsabilidade social são fatores imprescindíveis na cultura de qualquer empresa que pretende estar bem colocada no mercado e na sociedade, perante suas concorrentes e seus consumidores. E apesar da má fama, a propaganda pode sim ser uma mediadora de ações sociais transformadoras.

 

  Foi lançado no Brasil o site que converte visualizações de anúncios publicitários em doações. O Easy2BGood funciona da seguinte forma: para doar é só entrar no site, se cadastrar, escolher a ONG e assistir o vídeo de 20 segundos do anunciante. As Organizações são instituições reconhecidas internacionalmente, que justificam a utilização do dinheiro que recebem e divulgam seus resultados financeiros anualmente. Do valor arrecadado pelos anúncios publicitários, 70% vai para as ONGs parceiras e 30% para o desenvolvimento e manutenção do site.

 

  Os fundadores são franceses, assim como a plataforma que serviu de inspiração para o projeto,  a Goodeed. O site francês pioneiro já possui 221 mil membros e já arrecadou 9,7 milhões de euros em doações. São publicados no site periodicamente, fotos de todas as ações sociais realizadas como resultado das doações. Em 2016 a Goodeed foi considerada a maior campanha de crowdfunding da França, foram 20.216 doadores em 4 dias.

 

 A criatividade é quase uma premissa quando se trata de sobrevivência, e para as pessoas auxiliadas por essas doações, toda a ajuda é mesmo uma questão de sobreviver. Laurent Brichambaut, Anthony Louvet e Olivier Grolleau são exemplos de empreendedores sustentáveis, que enxergaram no Brasil guiados pelo modelo da Goodeed, uma oportunidade de crescimento mútuo, tanto para as comunidades que sobrevivem com a ajuda dessas organizações quanto para suas vidas pessoal e profissional. E vem aumentando cada vez mais a demanda por empresas criativas que criem formas inovadoras de alinhar seu desenvolvimento ao desenvolvimento da comunidade ao redor, sem ferir o meio ambiente.

 

 

 

Share on Facebook
Please reload

Voltar para o início